projetos elétricos

afea7a7f245cd9b5f851e8c3011489ea.jpg
afea7a7f245cd9b5f851e8c3011489ea.jpg

residencial/ comercial

  • Dimensionamento dos circuitos e cabos de alimentação da entrada de energia até os Quadros de Distribuição internos;

  • Projeto dos Quadros de Distribuição incluindo lay-out e diagramas unifilar e trifilar;

  • Divisão dos circuitos visando equilíbrio de cargas nos quadros;

  • Cálculo luminotécnico para a definição da iluminação interna a ser utilizada, visando conforto visual e economia de energia;

  • Dimensionamento e especificação dos dispositivos de comando da iluminação (reles e temporizadores);

  • Fornecimento de desenho técnico com a planta da casa e todo o encaminhamento de circuitos presentes em cada ponto, bem como as especificações dos cabos utilizados;

  • Especificação dos materiais a serem utilizados conforme NBR 5410 da ABNT;

  • Acompanhamento e orientação técnica para a execução da montagem dos Quadros.

Slide2_edited.jpg
afea7a7f245cd9b5f851e8c3011489ea.jpg

painéis elétricos

  • Dimensionamento do disjuntor geral e do barramento principal de interligação;

  • Especificação dos disjuntores com nível de curto-circuito adequado a utilização;

  • Elaboração e fornecimento do diagrama unifilar e Lay-out interno do QGBT;

  • Especificação dos materiais a serem utilizados conforme NBR 5410 e NR10;

  • Elaboração de lista básica de material;

  • Acompanhamento da montagem e alterações no QGBT junto a empresa responsável pela montagem;

  • Acompanhamento e orientação técnica para a instalação do QGBT;

  • Programação / Start-up do QGBT com programação dos parâmetros de controle e proteção dos disjuntores;

  • Start-up dos medidores de grandezas elétricas instalados nos QGBT;

  • Definição do nível de curto e Arco Incidente (ATPV) deste quadro conforme estabelece NR-10 do Ministério do trabalho.

afea7a7f245cd9b5f851e8c3011489ea.jpg

banco de capacitores

  • Dimensionamento dos circuitos e cabos de alimentação do QGBT até o Banco de capacitores;

  • Dimensionamento do disjuntor geral e do barramento principal de interligação;

  • Especificação dos disjuntores com nível de curto-circuito adequado a utilização;

  • Dimensionamento e especificação dos capacitores para este quadro;

  • Definição dos estágios de atuação do banco de capacitores, proteções internas e parâmetros de controle;

  • Elaboração e fornecimento do diagrama unifilar e do Lay-out interno do banco automático de capacitores;

  • Acompanhamento da montagem do painel junto a empresa responsável pela montagem;

  • Acompanhamento e orientação técnica para a instalação do banco de capacitores;

  • Programação do banco de capacitores com adequação do funcionamento a condição de carga;

  • Acompanhamento do funcionamento do quadro após a efetiva operação.

WhatsApp Image 2020-08-31 at 15.58.55.jp
afea7a7f245cd9b5f851e8c3011489ea.jpg

diagramas elétricos

  • Levantamento “in locco” dos equipamentos instalados nos quadros de distribuição existentes;

  • Identificação (onde houver possibilidade) da secção dos cabos instalados em cada um dos circuitos existentes;

  • Verificação da corrente nominal / nível de curto-circuito de todos os disjuntores / chaves instalados nos quadros de distribuição;

  • Identificação de todos os circuitos existentes conforme anotações informadas nos quadros e testes;

  • Desenho do diagrama unifilar com todas as informações necessárias para o correto entendimento e adequação das instalações;

  • Fornecimento de uma cópia impressa do unifilar dos quadros de distribuição;

  • Orientação ao eletricista executor das correções / alterações necessárias;

  • Vistoria no local após as alterações e correções nas instalações elétricas;

  • Toda a simbologia adotada no diagrama unifilar será conforme a ABNT.

Automação-residencial-casas-conectadas-a
afea7a7f245cd9b5f851e8c3011489ea.jpg

automação

  • Dimensionamento dos cabos elétricos e circuitos a serem automatizados;

  • Distribuição de circuitos de luz e tomada a serem controlados conforme lay-out a ser definido;

  • Dimensionamento dos quadros, equipamentos de automação com caraterísticas técnicas, pontos de atuação, tipo de comunicação;

  • Definição de pontos de controle prevendo cenas e cenários conforme necessidade do cliente;

  • Orientação técnica ao executor para instalação dos pontos de controle;

  • O projeto segue as recomendações da norma NBR-5410 da ABNT.

afea7a7f245cd9b5f851e8c3011489ea.jpg

luminotécnico

  • Dimensionamento do quadro de luz (QD Luz);

  • Elaboração do diagrama unifilar do quadro de Luz;

  • Cálculo luminotécnico para a definição da iluminação interna e externa a ser utilizada, visando conforto visual e economia de energia;

  • Desenho das instalações elétricas a serem executadas, com dimensionamento e encaminhamento dos eletrodutos;

  • Divisão dos circuitos visando equilíbrio de cargas no quadro de luz;

  • Dimensionamento e especificação dos dispositivos de comando da iluminação (contatores e botoeiras).

afea7a7f245cd9b5f851e8c3011489ea.jpg

spda/aterramento

  • Elaboração do projeto da malha de aterramento;

  • Dimensionamento dos cabos da malha de aterramento bem como sua localização;

  • Dimensionamento e especificação dos eletrodos de aterramento;

  • Definição das interligações a serem executadas no aterramento;

  • Especificação e dimensionamento dos cabos de aterramento até o TAP (terminal de aterramento principal);

  • Acompanhamento da execução do aterramento

©2004 by ARCHANJO ENGENHARIA